Pérolas

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por Agostinho_MRCM em Sex Mar 16, 2018 6:04 am

A espécie está também referenciada nas Caldas (William Tait, 1924. The Birds of Portugal), pelos vistos tinha o nome comum de "Frade".

O colega Luís Silva julgo estar mais dentro da distribuição efetiva da espécie. As duas populações que vou acompanhando no Douro Superior não têm tido anos fáceis. Num dos casos desapareceu em 2017, noutro, a população está a diminuir em nº de indivíduos. Não há alterações de habitat que aparentemente justifiquem a diminuição, embora em ambos os casos a espécie tenha sido identificada após "surriba de vinha", e como é politica dos promotores desenvolver vegetação nos taludes, o des. da vegetação pode explicar condições menos propicias. Esta hipótese não é fácil de provar, e pode haver outros fatores como barreiras que inibam a "troca" de individuos entre populações, doenças, alterações na entomofauna, etc.


Última edição por Agostinho_MRCM em Sex Mar 16, 2018 8:54 am, editado 1 vez(es)
avatar
Agostinho_MRCM

Número de Mensagens : 170
Idade : 33
Data de inscrição : 16/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por Agostinho_MRCM em Sex Mar 16, 2018 6:10 am

scirpaceus escreveu:Eu entendi Gonçalo.
Eu sempre discuti que era preferivel colocar disponivel o que o público podia encontrar com facilidade nas áreas protegidas a.
Isso é um ponto interessante, a distinção entre material direccionado a técnicos e público em geral. Julgo que o ICN já está a tentar resolver isso com o desenvolvimento do Natural.pt. Com as diretivas europeias, Portugal é tb obrigado a disponibilizar no IGEO a distribuição de espécies e habitats das Diretivas. Agora que falta uma atualização fidedigna desses dados, falta.

Para os técnicos, saber a distribuição mesmo que potencial é importante, depende é como se transmite essa informação.
avatar
Agostinho_MRCM

Número de Mensagens : 170
Idade : 33
Data de inscrição : 16/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por Gonçalo Elias em Sex Mar 16, 2018 8:28 am

Agostinho_MRCM escreveu:Julgo que o ICN já está a tentar resolver isso com o desenvolvimento do Natural.pt.

Eu tenho estado a conter-me para não escrever aqui sobre o natural.pt porque de cada vez que lá vou fico mal disposto.
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20628
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por Agostinho_MRCM em Sex Mar 16, 2018 8:52 am

Gonçalo Elias escreveu:
Agostinho_MRCM escreveu:Julgo que o ICN já está a tentar resolver isso com o desenvolvimento do Natural.pt.

Eu tenho estado a conter-me para não escrever aqui sobre o natural.pt porque de cada vez que lá vou fico mal disposto.

Twisted Evil

Eu acompanho a feed no facebook, e a ideia que me dá é que é concretizada acima de tudo por pessoal de educação ambiental, comunicação etc., e portanto, com pouco conhecimento aprofundado nas várias temáticas. Da minha experiência o verdadeiro conhecimento está nos técnicos dos parques, alguns vigilantes, etc.
avatar
Agostinho_MRCM

Número de Mensagens : 170
Idade : 33
Data de inscrição : 16/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por João Tomás em Sex Mar 16, 2018 2:44 pm

Agostinho_MRCM escreveu:Eu acompanho a feed no facebook, e a ideia que me dá é que é concretizada acima de tudo por pessoal de educação ambiental, comunicação etc., e portanto, com pouco conhecimento aprofundado nas várias temáticas. Da minha experiência o verdadeiro conhecimento está nos técnicos dos parques, alguns vigilantes, etc.

Mais uma vez um projecto mal planeado, pelo menos no aspecto desta info, em que se denota falta de comunicação.
avatar
João Tomás

Número de Mensagens : 3614
Idade : 28
Local : Batalha
Data de inscrição : 26/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por Gonçalo Elias em Sex Mar 16, 2018 3:03 pm

A primeira vez que visitei o site natural.pt descobri com alguma surpresa que este site promove os valores naturais da maior parte do país mas deixam de fora a quase totalidade do Alentejo.

O Alentejo, uma das regiões mais importantes do país em termos de valores naturais e certamente a mais importante para um vasto elenco de espécies de aves, nomeadamente grandes aves planadoras e aves estepárias, foi praticamente ignorado no site.

A razão é simples: o site natural.pt foi desenvolvido com o objectivo de promover as áreas protegidas. Como no Alentejo quase não há áreas protegidas e as que há ficam nos extremos (note-se que no distrito de Évora não há um quilómetro quadrado protegido!), os valores naturais do Alentejo ficam praticamente de fora, transmitindo-se implicitamente a ideia de que o Alentejo não é uma região interessante em termos de valores naturais.

avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20628
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por Agostinho_MRCM em Seg Mar 19, 2018 6:13 am

Concorde-se ou não tem que se considerar que o portal/marca foi criado numa lógica de mercado, e como bem dizes, para promoção dos operadores nas Áreas Protegidas - não inclui toda a RN2000. Fazendo um pouco de advogado do diabo, isso faz algum sentido pois estas áreas estão sujeitas a zonamento, e portanto, mais facilmente preparadas para acolher infra-estruturas, comércio e serviços vocacionados para o usufruto dos valores naturais (e já aqui no forum foi muitas vezes exposto o grau de degradação a que muitas estão sujeitas).

Por outro lado a RN2000 é apenas uma servidão administrativa (Restrição de Utilidade Pública).
avatar
Agostinho_MRCM

Número de Mensagens : 170
Idade : 33
Data de inscrição : 16/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por HL em Sex Mar 23, 2018 11:50 am

Outra pérola:
http://sicnoticias.sapo.pt/opiniao/2017-05-08-A-proposta-do-PAN-e-fruto-de-prepotencia-e-ignorancia

São proferidas várias imprecisões (há falta de melhor termo), mas no que toca às aves:
"não há rolas-bravas porque se importaram rolas-turcas que não se podem caçar, que é uma ave que não tem nada a ver connosco e que são maiores e comem as sementeiras que se fazem para as rolas-bravas..."
Shocked
O mais grave, é que esta opinião reflecte a postura de uma grande maioria dos caçadores.
avatar
HL

Número de Mensagens : 664
Idade : 31
Local : Baixo Alentejo/Douro Litoral
Data de inscrição : 06/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por Agostinho_MRCM em Sex Mar 23, 2018 12:11 pm

HL escreveu:Outra pérola:
http://sicnoticias.sapo.pt/opiniao/2017-05-08-A-proposta-do-PAN-e-fruto-de-prepotencia-e-ignorancia

São proferidas várias imprecisões (há falta de melhor termo), mas no que toca às aves:
"não há rolas-bravas porque se importaram rolas-turcas que não se podem caçar, que é uma ave que não tem nada a ver connosco e que são maiores e comem as sementeiras que se fazem para as rolas-bravas..."
Shocked
O mais grave, é que esta opinião reflecte a postura de uma grande maioria dos caçadores.

E segundo a lógica implícita do mesmo, a melhor forma de curar a epidemia que afecta os coelhos é ao chumbo. Twisted Evil

Aliás ele deturpa mesmo a moratória:
"Esta espécie que outrora apresentava uma densidade populacional elevada (até 40
animais por hectare) tem sofrido nos últimos anos reduções drásticas espoletadas pela
caça excessiva, em conjunto com a proliferação de doenças no seio desta espécie,
como a febre hemorrágica, estimando-se que actualmente..."
avatar
Agostinho_MRCM

Número de Mensagens : 170
Idade : 33
Data de inscrição : 16/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por João Tomás em Sex Mar 23, 2018 12:28 pm

HL escreveu:Outra pérola:
http://sicnoticias.sapo.pt/opiniao/2017-05-08-A-proposta-do-PAN-e-fruto-de-prepotencia-e-ignorancia

São proferidas várias imprecisões (há falta de melhor termo), mas no que toca às aves:
"não há rolas-bravas porque se importaram rolas-turcas que não se podem caçar, que é uma ave que não tem nada a ver connosco e que são maiores e comem as sementeiras que se fazem para as rolas-bravas..."
 
O mais grave, é que esta opinião reflecte a postura de uma grande maioria dos caçadores.

Eu vi esses comentários. Quando se fala de algo que não se domina há duas opções: ou se estuda e se vai ter com alguém que domine o tema ou então não se diz nada para evitar este tipo de comentários infelizes.
avatar
João Tomás

Número de Mensagens : 3614
Idade : 28
Local : Batalha
Data de inscrição : 26/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por pedro121 em Sex Mar 23, 2018 1:17 pm

Agostinho_MRCM escreveu:

E segundo a lógica implícita do mesmo, a melhor forma de curar a epidemia que afecta os coelhos é ao chumbo. Twisted Evil

Por acaso, em epidemias virais uma forma de resolver é reduzir brutalmente a população, para reduzir os contagios, a epidemia acaba porque a transmissão não é possivel se a densidade populacional for mesmo muito baixa, haver poucos coelhos serve de barreira
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 12067
Idade : 43
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por João Tomás em Sex Mar 23, 2018 1:26 pm

pedro121 escreveu:Por acaso, em epidemias virais uma forma de resolver é reduzir brutalmente a população, para reduzir os contagios, a epidemia acaba porque a transmissão não é possivel se a densidade populacional for mesmo muito baixa, haver poucos coelhos serve de barreira

Ou temos paciência e a população de coelhos cria de forma natural as defesas contra os dois vírus (com outras medidas associadas, claro) ou então não temos paciência e a coisa continua a correr mal.
avatar
João Tomás

Número de Mensagens : 3614
Idade : 28
Local : Batalha
Data de inscrição : 26/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por HL em Sex Mar 23, 2018 1:56 pm

pedro121 escreveu:
Agostinho_MRCM escreveu:

E segundo a lógica implícita do mesmo, a melhor forma de curar a epidemia que afecta os coelhos é ao chumbo. Twisted Evil

Por acaso, em epidemias virais uma forma de resolver é reduzir brutalmente a população, para reduzir os contágios, a epidemia acaba porque a transmissão não é possível se a densidade populacional for mesmo muito baixa, haver poucos coelhos serve de barreira

Sim é uma forma de diminuir o contágio, mas não de resolver a doença. E acho que isso também depende da existência de outros hospedeiros dessas doenças - mas a ecologia das doenças não é de perto nem de longe a minha praia.
No caso dos coelhos, não sei se essa relação é linear, isto é, não sei se reduzir a sua população tem um efeito expressivo na redução de contágios (lembro-me de ler algo sobre isso, mas não sei precisar).
Em relação ao comentário do MST sobre os coelhos, as doenças são conhecidas e há investimento quer na investigação de novos surtos e identificação de novas estirpes, quer na criação de vacinas. O comentário é um pouco redutor em relação à realidade. Claro que mais investimento poderia trazer soluções novas mais rapidamente.
avatar
HL

Número de Mensagens : 664
Idade : 31
Local : Baixo Alentejo/Douro Litoral
Data de inscrição : 06/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por João Tomás em Sex Mar 23, 2018 2:41 pm

HL escreveu:Sim é uma forma de diminuir o contágio, mas não de resolver a doença. E acho que isso também depende da existência de outros hospedeiros dessas doenças - mas a ecologia das doenças não é de perto nem de longe a minha praia.

Creio que ambas as viroses são exclusivas do coelho, quer a mixomatose quer a doença hemorrágica.

HL escreveu:Em relação ao comentário do MST sobre os coelhos, as doenças são conhecidas e há investimento quer na investigação de novos surtos e identificação de novas estirpes, quer na criação de vacinas. O comentário é um pouco redutor em relação à realidade. Claro que mais investimento poderia trazer soluções novas mais rapidamente.

Acredito que tenha havido um grande investimento no estudo das doenças mas se não houver investimento no habitat não há milhão que  consiga reverter a situação.
avatar
João Tomás

Número de Mensagens : 3614
Idade : 28
Local : Batalha
Data de inscrição : 26/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por HL em Sex Mar 23, 2018 6:34 pm

João Tomás escreveu:Creio que ambas as viroses são exclusivas do coelho, quer a mixomatose quer a doença hemorrágica.
Ao que se sabe são. Contudo, a mixomatose é transportada por pulgas e mosquitos que não sei se são especificas de coelhos e deduzo que poderão ser transportadas para outras colónias por outros mamíferos. No caso da hemorrágica viral também pode ser transportada em material inanimado biológico ou não.

João Tomás escreveu:Acredito que tenha havido um grande investimento no estudo das doenças mas se não houver investimento no habitat não há milhão que consiga reverter a situação.
Há vários projectos que tem apostado no melhoramento do habitat do coelho-bravo. Mas, tanto quanto sei, a evolução destas doenças tem um peso significativo na recuperação da espécie.
avatar
HL

Número de Mensagens : 664
Idade : 31
Local : Baixo Alentejo/Douro Litoral
Data de inscrição : 06/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por João Tomás em Sex Mar 23, 2018 7:07 pm

HL escreveu:Ao que se sabe são. Contudo, a mixomatose é transportada por pulgas e mosquitos que não sei se são especificas de coelhos e deduzo que poderão ser transportadas para outras colónias por outros mamíferos. No caso da hemorrágica viral também pode ser transportada em material inanimado biológico ou não. 

Nesse caso são vectores Smile o vírus não se replica nessas espécies. Elas transmitem o vírus ao coelho, hospedeiro onde se replica. De facto há três vias de contagio: contacto directo, por vectores (insectos) ou então por contacto com material contaminado.
avatar
João Tomás

Número de Mensagens : 3614
Idade : 28
Local : Batalha
Data de inscrição : 26/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por HL em Sab Mar 24, 2018 4:30 am

João Tomás escreveu:Nesse caso são vectores Smile o vírus não se replica nessas espécies. Elas transmitem o vírus ao coelho, hospedeiro onde se replica. De facto há três vias de contagio: contacto directo, por vectores (insectos) ou então por contacto com material contaminado.
Eu sei que são vectores, e suspeitando que não parasitam apenas coelhos, a minha hipotese é que podem ser transportados (nomeadamente as pulgas) para outras colónias de coelhos por outros mamiferos promovendo o contágio dos coelhos.
Daí que a redução de abundância de coelho não me pareça de facto uma solução para reduzir significativamente o contágio.
(Grande off topic!)
avatar
HL

Número de Mensagens : 664
Idade : 31
Local : Baixo Alentejo/Douro Litoral
Data de inscrição : 06/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por João Tomás em Sab Mar 24, 2018 7:11 am

HL escreveu:Eu sei que são vectores, e suspeitando que não parasitam apenas coelhos, a minha hipotese é que podem ser transportados (nomeadamente as pulgas) para outras colónias de coelhos por outros mamiferos promovendo o contágio dos coelhos.
Daí que a redução de abundância de coelho não me pareça de facto uma solução para reduzir significativamente o contágio.
(Grande off topic!)

Ok Hugo. Sim, isto já vai longo de mais mas termina por aqui Smile
avatar
João Tomás

Número de Mensagens : 3614
Idade : 28
Local : Batalha
Data de inscrição : 26/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por Paulo Lemos em Seg Mar 26, 2018 3:29 pm

Se esta interessa... https://www.publico.pt/2018/03/24/ciencia/noticia/os-passaros-estao-a-desaparecer-dos-campos-da-europa-1807942


Não discordo do papel das ameaças aqui apontadas para a regressão das espécies, mas não são a grande causa.
Não me canso de repetir que uma boa mensagem ambientalista, será sublinhar que devem ser tomadas mais a sério todas a ameaças secundárias, face a outra(s) a grande escala, ainda mal estudada(s).

Já agora, ainda a propósito do Picanço-barreteiro, desconheço a evolução da situação que deu origem a estes dados.
Confirmo que pelo menos em 2 zonas algarvias por mim prospectadas em meados 2004, qdo esta espécie me interessava bastante, a espécie parece ter desocupado território no período de novas visitas em 2013 e 2014, mas a grande redução e desaparecimento das populações que conheci mais a Norte ou Oeste, e que ainda posso confirmar presentes nalgumas regiões, ocorreu bruscamente 10 anos antes de 2004, sem alteração importante na paisagem ou nos métodos agrícolas locais. Ocorreu, isso sim, simultaneamente a uma "crise" de redução de "alimento para insectivoras", que não voltou a recuperar, e também com a seca em África (poderá pelo menos ter eliminado muitas das aves mais jovens e inexperientes). Combinação de factores.

Quererá isto dizer que "tem sido sempre a descer", para algumas espécies, mas há sempre equívocos e equívocos quando se apontam causas com certezas.

PS: o Lanius senator era abundante e bastante "florestal" no Litoral Oeste. Ninhos quase sempre em P. pinaster, por vezes no alto a meio de uma mancha de pinhal, caçando eles em orlas. Até em ambiente predominantemente arborizado, com escassas clareiras e alguma floresta aberta.
avatar
Paulo Lemos

Número de Mensagens : 1656
Local : Caldas da Rainha
Data de inscrição : 29/01/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por Gonçalo Elias em Seg Jul 09, 2018 11:46 am

Recentemente descobri que os limites do PNSE que são apresentados no site do ICNF estão incorrectos.

Concretamente, o mapa que aparece aqui sugere que o parque se estende para norte até à N17, abrangendo por isso as localidades de Seia e Gouveia, e para nordeste até à Guarda, mas na realidade a área abrangida é bastante menor, e o limite do parque passa cerca de 4 a 5 km mais para "dentro", conforme aparece aqui.

Como é possível que a entidade que tem a seu cargo as áreas protegidas coloque no seu site oficial mapas incorrectos, levando as pessoas a pensar que determinadas zonas fazem parte de uma área protegida quando afinal não fazem?
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20628
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por Agostinho_MRCM em Ter Jul 17, 2018 4:43 pm

Não é sobre aves, mas bem podia ser:

https://ionline.sapo.pt/artigo/619212/um-crime-sem-castigo-quem-matou-a-lince-kayak-?seccao=Portugal_i



avatar
Agostinho_MRCM

Número de Mensagens : 170
Idade : 33
Data de inscrição : 16/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por João Tomás em Ter Jul 17, 2018 6:10 pm

Agostinho_MRCM escreveu:Não é sobre aves, mas bem podia ser:

https://ionline.sapo.pt/artigo/619212/um-crime-sem-castigo-quem-matou-a-lince-kayak-?seccao=Portugal_i

Meus deus que novela. É o que dá este país andar a brincar à conservação!
avatar
João Tomás

Número de Mensagens : 3614
Idade : 28
Local : Batalha
Data de inscrição : 26/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por Agostinho_MRCM em Qua Jul 18, 2018 6:03 am

João Tomás escreveu:
Agostinho_MRCM escreveu:Não é sobre aves, mas bem podia ser:

https://ionline.sapo.pt/artigo/619212/um-crime-sem-castigo-quem-matou-a-lince-kayak-?seccao=Portugal_i

Meus deus que novela. É o que dá este país andar a brincar à conservação!

É como nos filmes Americanos, está o FBI a investigar, chega a CIA, e começam a sabotar mutuamente a investigação. Neste caso, são técnicos de um instituto falido e uma policia militar (o facto do ICNF orgulhosamente postar o vídeo, deve fazer parte do plano). Tem de tudo, veneno, armas, organizações duvidosas, informadores anónimos...
avatar
Agostinho_MRCM

Número de Mensagens : 170
Idade : 33
Data de inscrição : 16/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por Gonçalo Elias em Qua Jul 18, 2018 8:34 am

"CSI Lynx" - a sua nova série de mistério affraid
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20628
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por HL em Sex Jul 20, 2018 8:35 am

Gonçalo Elias escreveu:Recentemente descobri que os limites do PNSE que são apresentados no site do ICNF estão incorrectos.
...
Como é possível que a entidade que tem a seu cargo as áreas protegidas coloque no seu site oficial mapas incorrectos, levando as pessoas a pensar que determinadas zonas fazem parte de uma área protegida quando afinal não fazem?

Está descatualizado o mapa da primeira página que referes. Não faz parte mas já fez parte, e portanto deveria ser actualizado.

Os limites que constam aqui dizem respeito aos limites referidos Decreto Regulamentar nº 50/97, de 20 de novembro.
Os limites que constam aqui dizem respeito aos limites actuais - Decreto Regulamentar n.º 83/2007, de 10 de outubro.
avatar
HL

Número de Mensagens : 664
Idade : 31
Local : Baixo Alentejo/Douro Litoral
Data de inscrição : 06/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pérolas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum