Tipos de bicos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Tipos de bicos

Mensagem  Admin em Ter Jul 01, 2008 12:22 am

Bicos que quebram sementes:

Aves como os tentilhões, que se alimentam de sementes duras, têm bicos curtos e cónicos, conseguindo assim quebrar a casca das sementes. Removendo habilmente o que se encontra no seu interior.




Uma ave aquática em terra

O bico extraordinariamente longo é típico das aves aquáticas – grupo de aves que inclui o maçarico-das-rochas. Mas em vez de utilizarem o bico para se alimentarem de animais costeiros como fazem muitas aves aquáticas, utilizam-no também eficazmente em terra «seca». O seu principal alimento é constituído por minhocas e larvas de insectos e o bico comprido permite a extracção destes do fundo do lodo.



A pinça do maçarico

O maçarico mergulha o comprido bico para extrair vermes e moluscos que estão fora do alcance de outras aves.



Uma peneira subaquática

O flamingo tem, provavelmente, o bico mais especializado de todas as aves. Com a cabeça voltada para baixo, o flamingo introduz o bico na água servindo-se dele para «coar» os animais e plantas aquáticas de que se alimenta. A parte inferior do bico movimenta-se para cima e para baixo de modo a bombear a água contra a parte superior onde uma franja de lamelas retém os alimentos.



Um bico de carnívoro

O bico termina num gancho, o que é uma característica das aves de rapina. O gancho serve para estas aves dilacerarem animais demasiado grandes para serem engolidos inteiros.



Um bico em pinça

O melro-preto tem um formato de bico que é partilhado por milhares de espécies de aves de tamanho médio. É afilado para que o animal possa apanhar pequenos objetos, como sementes, mas o seu comprimento permite à ave apanhar presas maiores, como minhocas. O bico amarelo-alaranjado do melro-preto macho é também utilizado como sinal destinado às fêmeas


Um bico de frugívoro

Os papagaios selvagens vivem de frutos e sementes e possuem um bico “misto” que lhes permite tirar o maior partido dos alimentos. O papagaio utiliza o gancho da extremidade do bico para retirar a polpa do fruto e com as axilas da base do bico parte a casca das sementes para comer o seu interior. Os papagaios também são únicos no mundo das aves pela forma como usam os pés, segurando e virando com eles os alimentos enquanto os quebram.


Um pato com dentes

Ao contrário dos mamíferos e dos répteis, as aves não têm verdadeiros dentes, que são elementos ósseos. Contudo, algumas aves desenvolveram estruturas que são muito semelhantes a dentes. Os mergansos, por exemplo, têm bicos serrilhados para segurar os peixes tanto em água doce como no mar.



Um bico para «chapinhar»


Muitos patos alimentam-se apanhando alimento à superfície ou abrindo e fechando o bico enquanto percorrem com ele a superfície das águas. A água entra por entre as duas metades achatadas do bico e tudo o que nela estiver em suspensão é «espremido» e engolido. Este processo é semelhante ao da filtração do flamingo, embora um bico de pato esteja muito menos especializado e possa ser utilizado para outros tipos de alimentação.




Um bico para todos os fins

Os bicos das gaivotas são compridos e terminam num gancho que é mais pequeno mas em muitos aspectos semelhante ao das aves carnívoras. Este formato de bico não só lhes permite caçar e segurar presas como peixes, ao longo do comprimento do bico, mas também as ajuda a despedaçar os alimentos.





Uma panóplia de bicos:


Admin
Admin

Mensagens : 16
Data de inscrição : 04/06/2008

Ver perfil do usuário http://aves.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum