Fórum Aves
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Terraplenagem perto da Lagoa dos Salgados

Ir em baixo

Terraplenagem perto da Lagoa dos Salgados Empty Terraplenagem perto da Lagoa dos Salgados

Mensagem por C. M. Elias Sab Jun 16, 2007 4:34 am

Spea e Almargem
Ambientalistas alertam para terraplenagem perto da Lagoa dos Salgados
15.06.2007 - 16h04 PUBLICO.PT


A Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (Spea) e a Almargem alertaram hoje para os trabalhos de terraplanagem em curso junto à zona húmida da Lagoa dos Salgados, uma área importante para as aves, que têm como objectivo a construção de uma pista para aviões de controlo de insectos.

Em comunicado, os ambientalistas falam da construção de "uma pista de descolagem para uma avioneta, no intuito desta sobrevoar toda a zona e pulverizar a área inundada com um produto para eliminar larvas de mosquito".

A terraplanagem "pode perturbar e comprometer a nidificação de numerosas aves aquáticas, entre as quais a Pêrra (Aythya nyroca), espécie ameaçada na Europa, cujo único local de nidificação conhecido em Portugal é a Lagoa dos Salgados".

Os animais — como o o Pernilongo (Himantopus himantopus), o Alfaiate (Recurvirostra avosetta), a Chilreta (Sterna albifrons), a Garça-vermelha (Ardea purpúrea) ou o Caimão (Porphyrio porphyrio) — poderão abandonar o local e muitos podem mesmo rejeitar os ninhos com ovos e as crias não voadoras, devido ao sobrevoo a muito baixa altitude de uma avioneta.

Ambas as associações — que já alertaram as autoridades — salientam não estarem contra "a necessidade de controlar as pragas de mosquitos que eventualmente possam ocorrer na zona". No entanto, não concordam "com o método que, a avançar, pode por em causa um local muito importante para a avifauna no Algarve".

C. M. Elias
C. M. Elias
Admin

Número de Mensagens : 321
Data de inscrição : 16/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Terraplenagem perto da Lagoa dos Salgados Empty Re: Terraplenagem perto da Lagoa dos Salgados

Mensagem por Gonçalo Elias Sab Jun 16, 2007 4:38 am

Regional

Lagoa dos Salgados pode estar ameaçada


mara dionísio

Obras para construção de pista de aviação na Lagoa dos Salgados
Nidificação de aves aquáticas na Lagoa dos Salgados, uma das zonas húmidas mais importantes do Algarve, pode ser perturbada, por obras de construção de uma pista de aviação.

Uma máquina escavadora esteve ontem, quinta-feira, a fazer trabalhos de terraplanagem numa área muito próxima da zona húmida da Lagoa dos Salgados, em Albufeira, zona classificada de IBA (Área Importante para as Aves), pela Birdlife International.

Ao que o barlavento.online apurou no local, os trabalhos estarão relacionados com a construção de uma pista de aviação provisória para descolagem de uma avioneta, no intuito de sobrevoar toda a zona e pulverizar a área inundada com um produto para eliminar larvas de mosquito.

Embora sem estatuto legal de protecção, a Lagoa dos Salgados «é uma das áreas mais importantes para aves aquáticas, nomeadamente a Pêrra (Aythya nyroca), espécie bastante ameaçada na Europa, cujo único local de nidificação conhecido em Portugal é precisamente a Lagoa dos Salgados», explicou ao barlavento.online Luís Costa, director executivo da Sociedade Portuguesa de Estudos das Aves (SPEA).

Ontem, a SPEA e a associação Almargem foram alertadas e demonstraram bastante preocupação perante esta situação, uma vez que a pulverização prevista poderá perturbar e comprometer a nidificação de numerosas aves aquáticas.

Para Luís Costa, director executivo da SPEA, «pôr em risco a nidificação de tantas aves, sobretudo quando uma das espécies se encontra ameaçada e tem aqui o seu único local de reprodução em Portugal, é bastante grave».

O director executivo da SPEA recordou que esta acção «constitui uma violação da Directiva Aves» (Decreto-lei 49/2005 de 24 de Fevereiro), designadamente o seu Artº 11 que, de forma clara, refere que é proibido «perturbar esses espécimes, nomeadamente durante o período de reprodução, de dependência, de hibernação e de migração, desde que essa perturbação tenha um efeito significativo».

Além de existir o risco de perturbar a nidificação das aves, a SPEA e a Almargem não têm conhecimento do tipo de produto que será aplicado na eliminação dos mosquitos.

«Sei que faziam regularmente estas acções, mas de forma manual, colocando produtos biológicos, com um tractor, nas margens da Lagoa. Agora querem fazer uma acção massiva. Ainda não tivemos conhecimento sobre qual será o produto utilizado», esclareceu ao barlavento.online João Ministro, da Almargem.

Esta tarde, as duas associações vão divulgar um comunicado à imprensa com o objectivo de alertar para esta situação.

«Não estamos contra os mosquitos, porque é uma questão de saúde pública, mas a contestar o método de aplicação que será muito prejudicial para a Lagoa dos Salgados», frisou João Ministro.

Uma brigada do SEPNA (Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente) da GNR foi chamada ao local, através de uma denuncia anónima, feita para a linha S.O.S Ambiente.

Segundo fonte da GNR, esteve lá uma brigada, mas as obras de terraplanagem para a construção de uma pista de aviação estavam licenciadas.

(Leia a reportagem completa na edição de quinta-feira, dia 21 de Junho, do jornal «barlavento»)

15 de Junho de 2007 | 15:32
mara dionísio


Fonte: http://www.barlavento.online.pt/index.php/noticia?id=15780
Gonçalo Elias
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 23922
Idade : 53
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Terraplenagem perto da Lagoa dos Salgados Empty Re: Terraplenagem perto da Lagoa dos Salgados

Mensagem por C. M. Elias Dom Jun 24, 2007 2:04 pm

Nidificação na Lagoa dos Salgados pode estar em risco

Terraplenagem perto da Lagoa dos Salgados 1182443798
mara dionísio

Obras na Lagoa dos Salgados
Carlos Saraiva, presidente do conselho de administração da Herdade dos Salgados, do grupo CS Hotéis, explicou ao jornal «barlavento» as razões da intervenção.

Sobrevoo de avioneta pode colocar em risco a nidificação de aves aquáticas na Lagoa dos Salgados, uma das zonas húmidas mais importantes do Algarve.

Uma máquina escavadora esteve, na quinta-feira, a terraplenar uma área muito próxima da zona húmida da Lagoa dos Salgados, entre os concelhos de Albufeira e Silves, zona classificada como IBA (Área Importante para as Aves), pela Birdlife International.

Ao que o «barlavento» apurou no local, os trabalhos destinavam-se a construir uma pista de aviação provisória para descolagem de uma avioneta, no intuito de sobrevoar toda a zona e pulverizar a área inundada com um produto para eliminar larvas de mosquito.

Embora sem estatuto legal de protecção, a Lagoa dos Salgados «é uma das áreas mais importantes para aves aquáticas, nomeadamente a Pêrra, espécie bastante ameaçada na Europa, cujo único local de nidificação conhecido em Portugal é precisamente a Lagoa dos Salgados», explicou ao «barlavento» Luís Costa, director executivo da Sociedade Portuguesa de Estudos das Aves (SPEA).

O sobrevoo a baixa altitude de uma avioneta, tal como está previsto, poderá causar um «caos» na comunidade de aves, prevendo-se que muitas abandonem o local e outras possam mesmo rejeitar os ninhos com os ovos e as crias não voadoras.

Além da Pêrra, contam-se ainda outras espécies protegidas ao abrigo da Directiva Aves, como o Pernilongo, o Alfaiate, a Chilreta, a Garça-vermelha ou o Caimão.

Na quinta-feira, a SPEA e a associação Almargem foram alertadas para as obras e demonstram em declarações ao «barlavento» a sua preocupação com os efeitos da pulverização através de uma avioneta na nidificação das aves.

Para Luís Costa, director executivo da SPEA, «pôr em risco a nidificação de tantas aves, sobretudo quando uma das espécies se encontra ameaçada e tem aqui o seu único local de reprodução em Portugal, é bastante grave».

Aquele responsável considerou que esta acção «constitui uma violação da Directiva Aves», (transcrita para o Direito português pelo Decreto-lei 49/2005 de 24 de Fevereiro), designadamente o seu Artº 11 que, de forma clara, refere que é proibido «perturbar esses espécimes, nomeadamente durante o período de reprodução, de dependência, de hibernação e de migração, desde que essa perturbação tenha um efeito significativo».

Ao que o «barlavento» apurou junto da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDR), o produto a utilizar na exterminação das larvas de mosquito será um larvicida biológico, inócuo.

Por isso, esta entidade e a Administração Regional de Saúde do Algarve (ARS) deram autorização para a aplicação, a título experimental, do larvicida na Lagoa dos Salgados. A CCDR garantiu mesmo que vai, conjuntamente com a ARS, acompanhar a fase de aplicação do produto.

João Ministro, dirigente da Almargem, salientou que a associação não está «contra os mosquitos, porque é uma questão de saúde pública», mas contesta «o método de aplicação que será muito prejudicial para a Lagoa dos Salgados».

O biólogo acrescentou que «o sobrevoo do avião será o mais grave, porque há aves a incubar neste momento e as crias podem perder-se».

Carlos Saraiva, presidente do conselho de administração da Herdade dos Salgados, do grupo CS Hotéis, explicou ao «barlavento» que «o mau funcionamento, ou o não funcionamento, da ETAR de Pêra e a falta de controlo de despejo de resíduos directamente no sapal são dois grandes problemas».

Devido a estas descargas de resíduos, garante o empresário, «existem zonas da Lagoa que estão assoreadas, criando novas margens. Para resolver este problema, só tínhamos duas soluções: ou se fazia o tratamento dessas novas margens, que nasceram do assoreamento, com um batalhão de barcos e meios humanos, que não temos, ou era feito por via aérea».

«Este ano, tivemos muita dificuldade em controlar os mosquitos, tornando-se impossível estar na praia, no campo de golfe, nas habitações. Neste momento, vivem naquela zona 1500 pessoas e no Verão prevê-se que sejam cinco mil», afirmou ainda Carlos Saraiva.

Para pôr cobro a esta situação, a Herdade dos Salgados contratou uma empresa para fazer o tratamento de pulverização aérea, estando previstas acções nos meses de Julho e Agosto, uma vez em cada quinze dias.

«Vamos fazer estas acções com larvicida biológico a título experimental e monitorizá-las. Nós temos em conta a altura de nidificação das aves. Aliás, tivemos que ter em conta todos os factores, ambientais e humanos. Não há ninguém mais fundamentalista com a Lagoa do que nós. Tem a ver com o nosso modo de estar. Tivemos que encontrar um equilíbrio entre o factor humano e ambiental. Não queremos prejudicar nada, mas manter um equilíbrio», esclareceu Carlos Saraiva.


22 de Junho de 2007 | 08:54

in www.barlavento.online.pt
C. M. Elias
C. M. Elias
Admin

Número de Mensagens : 321
Data de inscrição : 16/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Terraplenagem perto da Lagoa dos Salgados Empty Re: Terraplenagem perto da Lagoa dos Salgados

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum