eBird Portugal--tópico geral

Página 4 de 32 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 18 ... 32  Seguinte

Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por Pedro Fernandes em Qua Abr 02, 2014 12:37 pm

Ora bolas, tinha uma mensagem composta e não sei o que se passou mas parece que se perdeu.

Resumindo o que tinha escrito, por tópicos:

Picanço-real e Noitibós: Benavente, que é ali pertinho da Ponta da Erva, tem ambos com frequência, mas fica noutro distrito. Noitibós no eBird Lisboa, só têm (ambas as espécies) um registo (Noitibó-de-nuca-vermelha).

eBird Braga: Jorge, sobre o processo de revisão há três registos teus para moderar. Salvo erro, tens fotografias bem esclarecedoras de todos (posso estar redondamente enganado e a precisar de ir ver emails antigos), pelo que a revisão será bastante simples. E pelas notas vi que já foram enviados para o CPR, pelo que nem esse encorajamento adiocional há que fazer. Sobre os nomes vernáculos, imagino que não sejam os mais er... criativos— há possibilidade de mudar para nomes Portugueses nas definições da conta. Sobre as fotografias, experimenta este tópico: http://help.ebird.org/customer/portal/articles/973966-adding-photos-videos-and-recordings-to-checklists?b_id=1928 . Qualquer dúvida adicional, no que puder ajudar, aqui estou.

eBird distritos: com o averbar de mais e mais registos, os quadros regionais começam a tornar-se mais completos (e úteis). Distritos como Lisboa, Leiria ou Faro (para citar alguns) têm já concentrações interessantes de dados, mas ainda têm lacunas por preencher. Outros distritos há em que ainda há muito por colmatar. Aqui o exemplo do panorama de Santarém. Estes gráficos dependem sobretudo de contribuições regulares, mais ou menos memoráveis, de observadores locais, que continuamente juntam pequenas peças aos dados nesta plataforma. Deixo assim um apelo a quem regularmente observa aves, por vezes visitando os mesmos locais uma e outra vez, que veja o panorama do seu distrito no eBird e, caso possa e saiba como, ajude a colmatar as lacunas em falta. (p.e. onde ir procurar um Perna-vermelha-bastardo na primeira semana de Abril no distrito de Faro). Mas, sobretudo, o importante é contribuir, que é de todos os registos que se vai construindo a informação disponível
avatar
Pedro Fernandes

Número de Mensagens : 697
Local : Rabat
Data de inscrição : 01/07/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por Gonçalo Elias em Qui Abr 03, 2014 4:53 am

Olá Pedro,

Aqui vão alguns comentários:

Pedro Fernandes escreveu:Ora bolas, tinha uma mensagem composta e não sei o que se passou mas parece que se perdeu.

Pode acontecer sem querer, por exemplo se carregares inadvertidamente numa das setas do browser ou nalguma tecla que afecte a navegação. Como estás em modo de edição de texto, nada ficou guardado.
Já me aconteceu várias vezes e de facto é aborrecido porque se perde a mensagem.

A forma que encontro de lidar com isto é a seguinte: quando já compus algum texto, faço "pré-visualizar", assim essa parte fica automaticamente guardada. Se por acaso carregares numa tecla qualquer de navegação sem querer e voltares atrás, o texto que pré-visualizaste já não se perde.

Pedro Fernandes escreveu:eBird distritos: com o averbar de mais e mais registos, os quadros regionais começam a tornar-se mais completos (e úteis). Distritos como Lisboa, Leiria ou Faro (para citar alguns) têm já concentrações interessantes de dados, mas ainda têm lacunas por preencher. Outros distritos há em que ainda há muito por colmatar. Aqui o exemplo do panorama de Santarém. Estes gráficos dependem sobretudo de contribuições regulares, mais ou menos memoráveis, de observadores locais, que continuamente juntam pequenas peças aos dados nesta plataforma. Deixo assim um apelo a quem regularmente observa aves, por vezes visitando os mesmos locais uma e outra vez, que veja o panorama do seu distrito no eBird e, caso possa e saiba como, ajude a colmatar as lacunas em falta. (p.e. onde ir procurar um Perna-vermelha-bastardo na primeira semana de Abril no distrito de Faro). Mas, sobretudo, o importante é contribuir, que é de todos os registos que se vai construindo a informação disponível

Quando tiver novamente acesso aos meus cadernos de campo (dentro de 1-2meses) conto ajudar a compor bastante o panorama em vários distritos, muito especialmente em Setúbal, Santarém, Portalegre e Guarda, que são os distritos em que tenho maior volume de informação distribuída ao longo do ano; tenho também bastantes dados para Beja (sobretudo Inverno) e também para Bragança, Castelo Branco, Évora e Viseu (sobretudo Primavera). E depois tenho dados ocasionais de diversos outros distritos, saliento Viana do Castelo onde apesar de ter um volume de informação não muito grande é um distrito com muitas lacunas.
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20617
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por Gonçalo Elias em Ter Abr 08, 2014 6:24 am

Olá Pedro,

Ao tentar produzir um relatório de observações para um local do Parque Natural do Sudoeste Alentejo e Costa Vicentina deparo-me com a dificuldade que podes ver na imagem anexa: os nomes dos locais são muito longos e não existe forma de saber qual o sítio pretendido porque a aplicação não permite visualizar o nome na totalidade (tenho de ir por tentativas, o que é um bocado aborrecido).

Como forma de resolver esta situação, sugiro que os nomes das áreas protegidas sejam abreviados (neste caso seria PNSACV) de modo a tornar possível ver o resto do nome na lista de locais.

O que achas?

1 abraço,
Gonçalo

avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20617
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por pedro121 em Ter Abr 08, 2014 11:38 am

Bom tarde Gonçalo.

Enquanto o Pedro Fernandes não passa por aqui posso adiantar que a central do eBird emitiu novas linhas de orientação para os Hotspots e a sua adaptação á realidade nacional está neste momento em analise, o problema que levantas-te está muito bem visto, a ver se se consegue resolver.
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 12056
Idade : 43
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por Gonçalo Elias em Ter Abr 08, 2014 12:41 pm

Obrigado Pedro.

Relativamente a essas novas linhas de orientação, há algum aspecto mais relevante que possas partilhar?
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20617
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por pedro121 em Ter Abr 08, 2014 12:48 pm

Gonçalo Elias escreveu:Obrigado Pedro.

Relativamente a essas novas linhas de orientação, há algum aspecto mais relevante que possas partilhar?

Na realidade não é nada de especial, são apenas normas para uniformizar globalmente como designar os nomes dos hotspots, penso que não será nenhum segredo, e diga-se se os observadores ficarem conscientes delas sempre poupa trabalho a quem gere os hotspots.

Mas como algumas questões ainda estão a ser debatidas pelos revisores Portugueses espero pelo Pedro Fernandes.
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 12056
Idade : 43
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por Gonçalo Elias em Ter Maio 20, 2014 9:59 am

Alguém tem tido notícias do Pedro Fernandes? Ele não aparece no Forum desde o início de Abril e não tenho qualquer outra notícia dele...
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20617
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por Helder Vieira em Ter Maio 20, 2014 11:08 am

Gonçalo Elias escreveu:Alguém tem tido notícias do Pedro Fernandes? Ele não aparece no Forum desde o início de Abril e não tenho qualquer outra notícia dele...

Troquei uns mails com ele a 9 de Maio.
avatar
Helder Vieira

Número de Mensagens : 3444
Idade : 46
Local : Maia
Data de inscrição : 21/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por Gonçalo Elias em Ter Maio 20, 2014 1:54 pm

Helder Vieira escreveu:Troquei uns mails com ele a 9 de Maio.

Já consegui contactá-lo, ele informou-me que está no estrangeiro e com dificuldades de acesso ao Forum.

Enviei-lhe a minha questão por e-mail, logo que haja desenvolvimentos colocarei aqui.
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20617
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por Gonçalo Elias em Ter Maio 20, 2014 2:58 pm

O Pedro Fernandes respondeu-me e pediu-me para transcrever para aqui a resposta dele:

Pedro Fernandes escreveu:Olá Gonçalo,

Parece-me uma boa sugestão abreviar para PNSACV (e a seu tempo os outros, mas este é o parque natural que de facto mais problemas levanta pela extensão do nome). Vai demorar um bocadinho até que consiga alterar os nomes todos, mas assim tenha oportunidade, lanço mãos à obra.

Aproveito ainda para dizer que têm surgido alguns alertas de raridades atípicos (sobretudo na região de Lisboa), e que estes se devem a ter estado a alterar os filtros. Ainda deverão surgir mais alguns, até certas lacunas estarem colmatadas.

Um abraço,
Pedro
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20617
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por pedro121 em Qua Maio 21, 2014 3:49 am

A propósito de alarmes, como o Pedro Fernandes disse vários utilizadores estranharam receber alarmes para espécies como andorinhas num local e altura do ano em que são comuns, o que acontece é que se o registo for feito numa altura em que o filtro para a espécie está a ser revisto isso pode acontecer, para todos os efeitos é como se o valor do filtro estivesse a zero=raridade, dai receberem os alertas.

Relembro que os alertas de raridades se baseiam nos valores distritais e não nacionais, portanto uma aguia-imperial que apareça no distrito de Leiria irá fazer disparar o alarme.

Alem disso o sistema envia o alerta antes do registo ser revisto, portanto se alguém reportar uma avestruz em Lisboa o alerta será enviado, mas o registo não será incluído nos mapas e gráficos até ser revisto altura em que será considerado não valido, lembro também que os registos "não validos" continuam no sistema e podem sempre ser recuperados mais tarde.
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 12056
Idade : 43
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por Gonçalo Elias em Qua Maio 21, 2014 4:57 am

Pedro, duas perguntas:
- os alarmes são por espécie, por distrito e por quantidade, certo? quer dizer, uma águia-imperial em Leiria faz disparar o alarme, um buteo não faz mas se alguém disser que viu 50 buteos isso já gera alarme?
- se um registo for considerado não válido, o observador é notificado do facto?
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20617
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por pedro121 em Qua Maio 21, 2014 5:38 am

Gonçalo Elias escreveu:Pedro, duas perguntas:
- os alarmes são por espécie, por distrito e por quantidade, certo? quer dizer, uma águia-imperial em Leiria faz disparar o alarme, um buteo não faz mas se alguém disser que viu 50 buteos isso já gera alarme?

Sim, e não, isto não vai ser muito fácil de explicar, mas vou tentar.

Bom, quem já submeteu listas já deve ter reparado que existem duas circunstancias em que o sistema pede uma confirmação, a 1ª é se a espécie é considerada rara, ou seja se o valor do filtro para a essa espécie nesse local e altura está em zero, como regra todas as espécies consideradas como raridades pelo CPR estão a zero em todos os filtros, mas depois as outras espécies podem ter valores de zero consoante o distrito ou mesmo a altura do ano, por exemplo o Garçote, em Leiria tem um valor de zero em Janeiro, mas em Faro já não terá um valor de >1.

No 2º caso aparece uma mensagem a avisar que essa contagem é elevada para o local e a data, isso quer simplesmente disser que o numero de aves vistas está acima do valor do filtro, no teu exemplo dos buteos, se o valor está em 20 e tu colocas 50 faz disparar o filtro e o revisor recebe o registo para rever, mas isso não faz com que o sistema envie os alertas para os restantes utilizadores.

Diga-se que os filtros estão constantemente a evoluir, e a ser alterados com o numero de observações a ser introduzidas a causar mudanças nos parâmetros para algumas espécies.

Outro ponto importante é que os observadores não devem ter problemas quando recebem mensagens a avisar que as contagens são altas, isso é perfeitamente normal, se o revisor precisar de mais informação ele entra em contacto.


Bom, quanto aos alertas, eles dizem respeito apenas ás espécies raras e ás espécies não vistas, ou seja tu podes configurar o sistema para seres avisado sempre que aparecer uma espécie "rara", ou sempre que aparecer uma espécie que não tenhas visto, esses alertas são configuráveis, podes escolher ser só alertado a nível distrital, ou podes querer saber apenas as espécies que não viste em 2014 no distrito de Beja, e sempre que aparecer uma o sistema envia-te um email, o próprio sistema de aviso é configurável, podes ser avisado de hora a hora, num resumo diário ou mesmo semanal.

Gonçalo Elias escreveu:- se um registo for considerado não válido, o observador é notificado do facto?

Não é de forma automática, normalmente o que acontece é que quando um registo estranho aparece, o revisor envia um email automático (ou pessoal) a pedir mais informações, muitas vezes não há resposta, nunca ninguém gosta de ser questionado, e os observadores portugueses não estão habituados a isso, mas é só uma questão de garantir a qualidade dos dados, bom, mas estou-me a desviar, se por qualquer razão o registo for considerado "não valido" o observador não é notificado de forma automática, mas se tiver mantido contacto com o revisor este normalmente irá indicar isso mesmo.

É importante notar que os registos não validos não são apagados, continuam no sistema e podem sempre ser posteriormente revistos e considerados validos.
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 12056
Idade : 43
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por Gonçalo Elias em Qua Maio 21, 2014 6:17 am

Obrigado, acho que entendi.

Esclarece-me só o seguinte p.f.:

pedro121 escreveu:
Bom, quanto aos alertas, eles dizem respeito apenas ás espécies raras e ás espécies não vistas, ou seja tu podes configurar o sistema para seres avisado sempre que aparecer uma espécie "rara", ou sempre que aparecer uma espécie que não tenhas visto, esses alertas são configuráveis, podes escolher ser só alertado a nível distrital, ou podes querer saber apenas as espécies que não viste em 2014 no distrito de Beja, e sempre que aparecer uma o sistema envia-te um email, o próprio sistema de aviso é configurável, podes ser avisado de hora a hora, num resumo diário ou mesmo semanal.

Quando escreves "tu podes configurar" isso quer dizer que qualquer pessoa pode configurar o seu ebird?
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20617
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por pedro121 em Qua Maio 21, 2014 6:22 am

Gonçalo Elias escreveu:
Quando escreves "tu podes configurar" isso quer dizer que qualquer pessoa pode configurar o seu ebird?

Claro, vais a Meu ebird, e depois no menu da direita vais a "gerir os meus alertas"
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 12056
Idade : 43
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por Gonçalo Elias em Qua Maio 21, 2014 6:24 am

Fixe, obrigado.
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20617
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por Gonçalo Elias em Qua Maio 21, 2014 11:18 am

Uma questão: os registos de aves anilhadas (na mão) são aceites no e-bird?
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20617
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por pedro121 em Qua Maio 21, 2014 11:33 am

Gonçalo Elias escreveu:Uma questão: os registos de aves anilhadas (na mão) são aceites no e-bird?

Sim, claro, o problema é que podem dar origem a contagens elevadas e fazer disparar os filtros tipicamente com espécies de difícil detecção como cigarinha-malhada os filtros tem valores baixos, facilmente ultrapassáveis em anilhagem, alem disso é necessário ter cuidado com múltiplas recapturas na mesma sessão de anilhagem, imagina que um rouxinol-bravo está sempre a cair nas redes durante a sessão, sendo a mesma ave só conta 1 vez.
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 12056
Idade : 43
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por HL em Qua Maio 21, 2014 11:41 am

E cuidado com as multiplas observações do mesmo bicho (mesma anilha) publicadas por pessoas diferentes?!
avatar
HL

Número de Mensagens : 663
Idade : 31
Local : Baixo Alentejo/Douro Litoral
Data de inscrição : 06/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por pedro121 em Qua Maio 21, 2014 12:00 pm

HL escreveu:E cuidado com as multiplas observações do mesmo bicho (mesma anilha) publicadas por pessoas diferentes?!

Na mesma sessão de anilhagem? Se for na mesma sessão é o mesmo que as observações compartilhadas, 1 pessoa faz a lista e compartilha com os restantes membros do grupo, o programa compensa para as múltiplas listas.

Interessante seria que houvesse uma ferramenta para incluir o numero de anilha e que possibilitasse o rastreio da mesma, era muito bom para os leitores de anilhas coloridas
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 12056
Idade : 43
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por Gonçalo Elias em Qua Maio 21, 2014 12:21 pm

pedro121 escreveu: é necessário ter cuidado com múltiplas recapturas na mesma sessão de anilhagem, imagina que um rouxinol-bravo está sempre a cair nas redes durante a sessão, sendo a mesma ave só conta 1 vez.

Pedro as aves estão todas identificadas individualmente, por isso se uma ave é capturada duas vezes, a repetição é facilmente identificada.

De qualquer forma na maioria das sessões de anilhagem quase todos os bichos são diferentes (isto é, as aves que caem duas vezes no mesmo dia são geralmente uma minoria).
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20617
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por pedro121 em Qua Maio 21, 2014 12:34 pm

Gonçalo Elias escreveu:Pedro as aves estão todas identificadas individualmente, por isso se uma ave é capturada duas vezes, a repetição é facilmente identificada.

De qualquer forma na maioria das sessões de anilhagem quase todos os bichos são diferentes (isto é, as aves que caem duas vezes no mesmo dia são geralmente uma minoria).

Sim, eu sei Gonçalo, não estou a disser o contrario. Smile 
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 12056
Idade : 43
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por Luis Silva em Qua Maio 21, 2014 1:06 pm

Pessoalmente não veria ai um problema (nas recapturas dentro de uma mesma sessão). Quando tenho uma recaptura repetida do mesmo dia, liberto-a imediatamente e não tomo sequer registo desta. Já tenho informação recolhida da ave, não acho que deva repetir o processo num mesmo dia, é claro que por exemplo o peso possivelmente vai variar mas será uma coisa mínima.

Luis Silva

Número de Mensagens : 492
Data de inscrição : 08/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por pedro121 em Qua Maio 21, 2014 1:31 pm

Luis Silva escreveu:Pessoalmente não veria ai um problema (nas recapturas dentro de uma mesma sessão). Quando tenho uma recaptura repetida do mesmo dia, liberto-a imediatamente e não tomo sequer registo desta. Já tenho informação recolhida da ave, não acho que deva repetir o processo num mesmo dia, é claro que por exemplo o peso possivelmente vai variar mas será uma coisa mínima.

Sim Luís isso não é um problema, mas penso que não percebeste o que quis dizer, o problema surge se ao recapturar varias vezes numa mesma sessão uma mesma ave se colocar no ebird o numero de aves capturadas não descontando o numero de recapturas dessa ave, e sim eu sei que dado o baixo numero de recapturas isso não tem efeito estatístico significativo.

Mas claro que se ao veres que essa ave já tinha sido capturada nessa sessão a libertares o problema nem se põem para começar.
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 12056
Idade : 43
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por Luis Silva em Qua Maio 21, 2014 2:16 pm

Eu penso que compreendi, mas talvez me tenha explicado mal.
O problema seria aves capturadas/recapturadas mais que uma vez na mesma sessão, i.e. uma mesma ave que seja "processada" mais que uma vez e  fique duplicada.

Mas neste casos, eu pessoalmente e pelo menos os anilhadores com quem lido com mais regularidade, temos o mesmo procedimento que é nem sequer a voltar a processar essa mesma ave. Assim, tal como dizes, o problema nem se coloca, pelo menos para quem procede desta forma, e acredito que existam exceções, mas penso que sejam poucas.

Luis Silva

Número de Mensagens : 492
Data de inscrição : 08/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: eBird Portugal--tópico geral

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 32 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 18 ... 32  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum