Fórum Aves
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Cascais estreia eco-cabanas com autonomia energética

Ir em baixo

Cascais estreia eco-cabanas com autonomia energética Empty Cascais estreia eco-cabanas com autonomia energética

Mensagem por Andorinha-dáurica Seg Jul 16, 2007 2:54 am

Cascais estreia eco-cabanas com autonomia energética em Portugal
14.07.2007
Lusa

Cascais será o primeiro concelho português a receber, em Outubro, as eco-cabanas, pequenas casas sustentáveis destinadas a estadas junto da natureza, que incluem o recurso a energias alternativas, materiais recicláveis e gestão de consumos de água e electricidade.

A ideia, lançada pela agência municipal Cascais Natura, foi distinguida este mês com o prémio “Ideias Verdes Água de Luso – Expresso 2007” e será concretizada num campo para escoteiros, escutas e guias do Parque Natural Sintra-Cascais, onde serão construídas cabanas com 62 metros quadrados e capacidade para dez jovens.

Segundo disse à Lusa um dos coordenadores do projecto, João Cardoso Melo, a escolha do campo deveu-se aos exemplares códigos de conduta de utilização da natureza seguidos pelo movimento escutista – que este ano comemora cem anos de existência –, mas o espaço será posteriomente aberto à população.

“O objectivo é mostrar às pessoas que, pelo facto de usufruírem de um espaço natural, têm de dar algum contributo. A cada dia de estada corresponde uma ou duas horas de serviço de conservação do ambiente e o utilizador tem eco-créditos, que são cartões com determinado número de ‘watts’ e litros. Se não cumprir as regras de utilização, pode ficar sem água, por exemplo”, explicou o responsável.

Materiais tradicionais e recicláveis

“É mesmo para obrigar a reflectir sobre as fontes de energia e as sua limitações”, acrescentou, sublinhando que as cabanas não vão possuir televisão ou computador e serão alimentadas por energias alternativas (eólica, solar, entre outras), em função da localidade onde forem instaladas.

João Cardoso Melo referiu ainda que as pequenas casas, construídas com materiais tradicionais e recicláveis, serão de estilo rústico e “despidas de luxos”, apresentando, ao mesmo tempo, um “design” e um “software” de controlo inovadores.

O preço de cada uma pode variar, por isso, entre 60 mil e 80 mil euros, incluindo a infra-estrutura, o revestimento e componentes de engenharia climática.

Com o prémio “Ideias Verdes”, no valor de 50 mil euros, a Cascais Natura vai construir o primeiro modelo do equipamento, que será depois colocado no mercado para se tornar uma alternativa para estadas temporárias em áreas de maior sustentabilidade ambiental.
Andorinha-dáurica
Andorinha-dáurica
Moderador

Número de Mensagens : 105
Data de inscrição : 16/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum