Fórum Aves
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Moçambique: Caçadores furtivos matam, possivelmente, os últimos 15 rinocerontes do país

Ir em baixo

Moçambique: Caçadores furtivos matam, possivelmente, os últimos 15 rinocerontes do país Empty Moçambique: Caçadores furtivos matam, possivelmente, os últimos 15 rinocerontes do país

Mensagem por jheitor Sex Maio 03, 2013 1:42 pm

Moçambique: Caçadores furtivos matam, possivelmente, os últimos 15 rinocerontes do país

03-05-2013

fonte:.naturlink.sapo.pt/Noticias

Caçadores furtivos podem ter abatido, no mês passado, os últimos 15 rinocerontes de Moçambique, que habitavam o Parque Nacional do Limpopo, no Sul do país.

Pensa-se que a matança foi possível graças à colaboração de guardas da reserva corruptos, que tornaram mais fácil a localização dos animais. Com efeito, 30 destes funcionários do parque já foram acusados de conspirar para matar os rinocerontes, estando previsto que compareçam em tribunal nas próximas semanas.

O Parque Nacional do Limpopo faz parte do Great Limpopo Transfrontier Park, que também abrange áreas dos territórios da África do Sul (Parque Nacional do Kruger) e do Zimbabué (Gonarezhou National Park). Esta área foi, em 2002, alvo de um acordo de conservação entre as três nações que o classificaram como “o maior reino animal do mundo”, altura em que alojava 300 rinocerontes, dos quais sobrevivam apenas estes 15 agora abatidos.

A incapacidade de garantir a segurança dos animais por parte das autoridades de Moçambique onde, segundo o diário britânico The Telegraph o abate de um rinoceronte passa muitas vezes impune ou é punido apenas com uma multa, está a preocupar as homólogas sul-africanas.

Os responsáveis do Ministério do Ambiente sul-africano consideram também que a fronteira com Moçambique, que não está delimitada por vedações ao abrigo de um acordo entre as nações, está a funcionar como entrada para caçadores furtivos no Kruger.

Neste parque, já foram mortos 180 rinocerontes este ano segundo o The Telegraph, restando apenas 69 indivíduos no país, onde a caça furtiva deste animal aumentou 50% em 2012, fazendo 668 vítimas.

“Os guardas do Parque Nacional do Kruger envolvem-se diariamente em conflitos com os caçadores furtivos moçambicanos”, revela Albi Modise, porta-voz do Ministério do Ambiente da África do Sul, que se vai reunir com as autoridades moçambicanas nas próximas semanas.

Jo Shaw, da WWF, corrobora: “Os rinocerontes estão a ser mortos no Kruger especialmente por caçadores furtivos moçambicanos que depois exportam os cornos através dos aeroportos e portos do seu país”.

Os cornos de rinoceronte são exportados para a Ásia, onde se acredita que têm propriedades afrodisíacas e curativos de cancro. Constituem, juntamente com as presas de elefante, um dos “produtos” animais mais comercializado no mercado negro. O tráfico de partes de animais selvagens constitui, cada vez mais, uma ameaça séria às espécies.

Fonte: www.telegraph.co.uk

http://naturlink.sapo.pt/Noticias/Noticias/content/Mocambique-Cacadores-furtivos-matam-possivelmente-os-ultimos-15-rinocerontes-do-pais?bl=1

_________________
cumprimentos José Heitor
minha galeria: http://500px.com/jheitor
no flikr : http://www.flickr.com/photos/75903801@N07/
project noah: http://www.projectnoah.org/users/jheitor
olhares : http://olhares.sapo.pt/jheitor1963/
National Geografic ; http://yourshot.nationalgeographic.com/profile/1032967/
jheitor
jheitor

Número de Mensagens : 11723
Idade : 58
Local : cacem
Data de inscrição : 25/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum