Fórum Aves
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Relatório final da Área Protegida da Mata da Machada

Ir em baixo

Relatório final da Área Protegida da Mata da Machada  Empty Relatório final da Área Protegida da Mata da Machada

Mensagem por jheitor Ter Maio 29, 2012 8:07 am

Relatório final da Área Protegida da Mata da Machada

29-05-2012

fonte : rostos.pt

Nuno Banza, vereador responsável pela área do Ambiente da Câmara Municipal do Barreiro, na última sessão «5ª Feira à Noite na SFAL», referiu que a criação da Área Protegida da Mata da Machada e do Sapal do Rio Coina também está a contribuir para que, no país, haja uma “nova imagem” do concelho do Barreiro.
No último encontro de «5ª Feira à Noite na SFAL», que teve como tema «Dia Europeu dos Parques Naturais», Nuno Banza, vereador da Câmara Municipal do Barreiro, responsável pela área do Ambiente, sublinhou que – “falar de Parques Naturais é falar de qualidade de vida das populações”.

Preservamos valores, para preservar o futuro

O autarca salientou – “só há Parques e Reservas Naturais para defender a qualidade de vida, a conservação da natureza e a biodiversidade”.
Recordou que a estratégia de criação de Parques e Reservas Naturais não pode ser desligada da estratégia de ordenamento do território, quer com – “objectivo de preservar as espécies”, quer pela “necessidade de preservar o ambiente”.
“Preservamos valores, para preservar o futuro” – sublinhou.

Hoje é possível avaliar os custos de uma floresta

Nuno Banza, referiu que a criação de Reservas e Parques Naturais é uma forma de alertar as pessoas para os valores do território, para áreas que “são as nossas pérolas”.
Recordou que durante muitos anos os “custos ambientais” não era valorizados, mas, actualmente, -“começam a ser integrados na nossa economia”.
“Hoje é possível avaliar os custos de uma floresta”- referiu o autarca, recordando que – “houve um tempo que se destruíam os habitats e as espécies”.
“Hoje, os Parques e Reservas Naturais é onde isto mais e faz, para preservar os valores naturais” – referiu.
“Quando se delimita um Parque ou uma reserva, esta passa a ser uma zona que tem um conjunto de interesses que é preciso preservar” – salientou Nuno Banza.

Temos um projecto de reserva para aprovar

“Nós estamos a concretizar um processo no Sapal do Rio Coina e Mata da Machada, era um processo sobre o qual há muitos anos existia uma ideia, que esteve décadas sem avançar” – referiu o vereador do Ambiente da Câmara Municipal do Barreiro.
Recordou que após ser efectuada a proposta e tendo decorrido dois anos de consulta pública – “Temos um projecto de reserva para aprovar”.
O autarca lamentou que a proposta que esteve em discussão pública não tenha sido aprovada, em reunião de Câmara, por unanimidade, embora contasse com 7 votos favoráveis em 9 – “é uma maioria qualificada” sublinhou.
Recorde-se que os dois votos não favoráveis foram dos vereadores do Partido Socialista.

Fase final de elaboração do Relatório

Nuno Banza, referiu que o Processo de Consulta Pública está encerrado, e na maioria dos comentários são – “felicitações à Câmara pelo trabalho que está a desenvolver”.
“Estamos na fase final de elaboração do Relatório, que poderá ir à próxima sessão de Câmara” – sublinhou.
Nuno Banza referiu que no final deste processo, todos reconhecem que “o Barreiro está de parabéns” e todo este processo permite – “ter uma visão mais alargada da importância da Reserva para o concelho”.

Nova imagem do concelho do Barreiro

Nuno Banza referiu que a criação da Área Protegida da Mata da Machada e do Sapal do Rio Coina também está a contribuir para que, no país, haja uma “nova imagem” do concelho do Barreiro.
“As pessoas começam a ter consciência que o Barreiro, uma terra conhecida como um centro industrial e de poluição, tem 25% do seu território como área protegida. Isto muda a percepção que as pessoas têm do Barreiro e retira a carga negativa que existe ao nível ambiental” – sublinhou Nuno Banza.

Esgotadas algumas inscrições para «Agenda de Actividades»

Na sua intervenção o Vereador responsável pela área do Ambiente recordou a importância da “Agenda de Actividades”, com actividades orientadas para as pessoas, este ano tendo como tema «Ambiente e Familia», como um contributo essencial para aproximar as pessoas da Mata da Machada e do Sapal do Rio Coina.
“Abrimos as inscrições para as diversas actividades e, hoje, já temos muitas actividades esgotadas. Este facto deixa-me muito feliz e demonstra o sucesso deste projecto” – referiu o autarca.
Recorde-se que a «Agenda de Actividades» propõe diversos eventos, sendo 50% deles direccionados para acções em família, com a participação de artistas locais e parceiros locais, ao longo dos fins de semana, desde 2 de Junho até 9 Setembro.

Consulte

http://www.rostos.pt/imagens/cea/20120521-agenda-actividades.pdf

jheitor
jheitor

Número de Mensagens : 11723
Idade : 58
Local : cacem
Data de inscrição : 25/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum